Índios, os Primeiros Artesões do Brasil

Povo Indígena foi o precursor do Artesanato no Brasil, segundo estudo de Historiadores, são os Primeiros Artesões do Brasil.

Segundo diversos Historiadores e Pesquisadores o Artesanato Brasileiro que é considerado um dos mais ricos do Mundo, teve o seu inicio com o nossos índios, a muitos e muitos anos atrás, antes mesmo do Brasil ser descoberto pelos portugueses.

E esta afirmação se pode comprovar na riqueza de produtos que eles criam com extrema habilidade, pois conseguiram manter a sua Cultura até os dias de hoje.

Suas técnicas são de estilo muito marcante, seja na produção de objetos de cerâmica, podemos observar a identidade indígena na pintura com tingimentos naturais, na criação de cestas com produtos vegetais e ainda na arte criadas com ossos, couro e penas de animais.

Na cultura Indígena o Artesanato é uma atividade coletiva, pois os objetos que são criados têm como principal objetivo garantir a sobrevivência do todos da tribo, ou seja, ela visa suprir diversas necessidades.

As tribos produziam seus objetos de artesanato utilizando a matéria-prima que a natureza oferecia. Sementes, peles, penas, palhas, barro, cipó, madeira,… Uma grande variedade de produtos colhidos da floresta para a produção de seus objetos.

Casas (ocas), canoas, arcos e flechas, cestos, esteiras, redes, potes, panelas, roupas, enfeites, adornos, pinturas, arte plumária… Tudo feito de forma natural,… Tudo criado com produtos naturais…!

Os enfeites e adornos são utilizados para a celebração de ritos especiais de cada tribo. O tipo de pintura é feite de acordo com a situação do momento (guerra, ritos, festas, casamentos,…).

Os objetos produzidos com o uso de penas de aves formam conjuntos de cores vivas que envaidecem o seu usuário.

A cerâmica foi criada como uma necessidade de uso prático através do uso das panelas. Inicialmente produziam vasos e panelas de barro modelado.

A Pintura de objetos era uma regra mínima entre os indígenas. Pois eles utilizam a Pintura na cerâmica, no corpo e nos cestos.

Portanto viva os Primeiros Artesões do Brasil